Contemporâneo

Descobrir novas possibilidades em seu próprio corpo é um dos objetivos da Dança Contemporânea, que traz a mistura da arte e do exercício físico agregando o bem-estar e saúde mental.

Trabalha com movimentos livres, flexíveis e mentais. Por ser algo diferenciado da forma em que as demais danças se encontram, a atividade traz um diferencial frente a outras, que é a possibilidade de criação, não possuindo técnicas estabelecidas, por isso todo tipo de pessoa pode praticá-la.

A Dança Contemporânea é integrada, não fica em cima de uma forma como os outros tipos de atividades. Na medida em que as pessoas praticam, elas se concentram nos movimentos livres e distraídos, relaxando o corpo e a mente.

Uma atividade física com grande gasto de energia e utilização da musculatura e articulações, é também um exercício de desenvolvimento pessoal, visto que a prática transmite um entendimento do próprio corpo, na medida em que se exercita, a pessoa passa a se entender melhor.

A Dança Contemporânea é a interação entre o corpo e a mente, o equilíbrio das emoções e pensamentos.

Combater a timidez é um dos processos que a dança auxilia e desenvolve uma descoberta consigo mesmo, desse modo, a prática pode ser exercida por pessoas de todos os perfis e idades.

Mesmo em meio à timidez, a dança favorece a auto-estima e autoconfiança, trazendo para as pessoas alegria e maior disposição para encarar as dificuldades, mesmo porque, ninguém dança de cara fechada e, normalmente, termina a atividade mais alegre, sendo um exercício que ultrapassa os problemas e limites.

Além de mexer com a emoção, saúde corporal e mental, enquanto o corpo trabalha, a atividade é ótima para aliviar a tensão do dia a dia. Os movimentos integrados com a música fazem com que alivie essa carga pesada presente no corpo e na mente.

Professor:

Santiago Silva

Modalidades