Dança do Ventre Adulto e Infantil

Sensual e feminina, a dança milenar encanta até os dias de hoje e pode ser ferramenta para a boa saúde.

A dança do ventre é uma das modalidades mais antigas do mundo, associada às odaliscas do antigo Egito e imediatamente ligada à feminilidade e sensualidade femininas

Mas essa dança milenar pode, além de tudo, oferecer inúmeros benefícios para o corpo e a mente, conheça alguns:

  1. Tonifica os músculos:Os movimentos vigorosos com os quadris, pernas e braços ajudam a tonificar os músculos do corpo. Além disso, ao contrário do que muitas pessoas afirmam, não deixa a mulher com “barrigunha”.
  2. Melhora as condições de gestação e o parto:Não deixa com “barrighunha”, mas pode ser muito benéfica para a saúde de seus órgãos internos. Às vezes se diz que a dança do ventre foi desenvolvida como uma forma de preparar o corpo para o parto, já que a dança do ventre ajuda a controlar os músculos do abdômen, o que pode facilitar a gestação e o parto. Além disso, muitas mulheres notam que a dança do ventre ajuda a aliviar cólicas menstruais.
  3. Condiciona seu físico:Esses mesmos movimentos aumentam a circulação sanguínea e a frequência cardíaca, o que acelera o metabolismo, ajuda a queimar calorias e pode ser comparada a qualquer outro exercício aeróbico.
  4. Reduz o estresse:Por requerer tremenda concentração, a dança do ventre é ótima para lidar com as tensões do dia a dia e relaxar um pouco.
  5. Ajuda o seu cérebro:Coordenar os movimentos é um excelente exercício para o seu cérebro e a agilidade mental e funcionamento são estimulados enquanto aumenta a quantidade de oxigênio nas células cerebrais. A memorização das coreografias também é um exercício estimulante para a memória.

No caso das crianças, elas podem sim praticar dança do ventre, mas com um direcionamento cuidadoso, com uma professora preparada para transmitir toda a magia, elegância, delicadeza, e beleza dessa arte, de forma lúdica, criativa e prazerosa.

Professora:

Verônica Dias

Modalidades